FIM DAS FRAUDES: Criminosos migram para fora após modernização de vistorias em RO

  • 22/05/2018

Desde que as vistorias veiculares em Rondônia foram digitalizadas, há oito anos, tornou-se quase impossível fraudar o processo de checagem no estado.

Isso, por que o processo é feito com uso de alta tecnologia e, é totalmente filmado e acompanhado pelas autoridades, evitando que veículos com irregularidades ou fraudes documentais, passem pela perícia sem as devidas adequações previstas na legislação.

Cerca de 50 empresas estão credenciadas no estado para realizar esse serviço, que em 2018, passa a ser acompanhado também, em tempo real, pelo Ministério público do estado, através de vídeo-monitoramento.

Tais avanços expurgaram criminosos que viviam tentando fraudar pericias no Detran do estado.

Dentre as fraudes mais comuns possíveis, estava a clonagem de veículos, onde, dois ou mais veículos idênticos tinham os mesmos documentos.

Sem ter como atuar em Rondônia, criminosos migraram para outros estados.

“aqui não é mais possível os ‘xuxos’” destacou o presidente da Associação das Empresas de Vistorias do Estado de Rondônia (ASSOVIS/RO) Gabriel Vit.

Há poucos dias, três mandados de busca e apreensão foram cumpridos em uma operação deflagrada, pela Polícia Judiciária Civil em  Comodoro, cidade do Mato Grosso a 110 km de Vilhena, em parceria o Detran, de Cuiabá (MT). O trabalho teve o objetivo de desarticular um grupo envolvido em fraudes de licenciamento de veículos.

No estado vizinho, as vistorias ainda são feitas com decalque, um modelo arcaico e fácil de ser fraudado.

A operação da Polícia Civil do Mato Grosso teve como base um inquérito policial instaurado pela Delegacia de Polícia de Comodoro, que apura a atuação de pessoas, algumas que trabalham como despachantes, suspeitas de retirar de forma irregular do Ciretran do município, documentos de licenciamento de veículos.

As diligências resultaram na identificação de quatro automóveis de Cuiabá, que foram clonados, e estão em circulação. Um dos veículos investigados foi localizado e apreendido. Pelo menos seis suspeitos, entre despachantes e receptadores, foram indiciados por diversos crimes, como falsidade ideológica, associação criminosa, inserção de dados falsos em sistemas de informação e outros. Um dos investigados é do estado de Rondônia.

“As investigações identificaram um despachante da cidade, que estava de forma irregular, realizando licenciamentos sem conhecimento e permissão do proprietário do veículo. Outros suspeitos envolvidos no esquema foram identificados, sendo um do Estado de Rondônia e outro do município de Pontes e Lacerda”, completou o delegado Gilson Silveira do Carmo.

Os trabalhos policiais continuam com intuito de levantar e apreender outros veículos clonados, originados do grupo criminoso.

 

Fonte: Rondoniaovivo - http://www.rondoniaovivo.com/geral/noticia/2018/05/22/fim-das-fraudes-criminosos-migram-para-outros-estados-apos-modernizacao-de-vistorias-em-ro.html